Seja bem-vindo ao nosso site, onde esperamos trazer novas perspetivas sobre o que deve ser o web design, do ponto de vista criativo e artístico.

Arte web

Mais do que alinhar tabelas e cores, o web design deve primar por uma perspetiva artística, de modo a criar uma impressão duradoura na mente do utilizador ou cliente. Um site com design imersivo, capaz de contar uma história ou de alguma forma ser mais do que um conjunto de informação estática, conseguirá penetrar mais fundo na mente do visitante.

Criatividade

O papel da criatividade é fundamental, e por isso o web designer não pode, em momento algum, esquecer a componente artística do seu trabalho. Ao mesmo tempo, ele deve inovar continuamente, apreendendo novas tendências, tecnologias e soluções – precisamente para aumentar o potencial criativo do seu trabalho.

Branding e marketing

É preciso não esquecer a importância do design não “de per se” mas enquanto parte de uma estratégia de marketing. O web designer deve trocar ideias com o copywriter, pois a escrita é fundamental para fazer passar a mensagem; com o database manager, pois a análise de dados (“big data”) é cada vez mais um elemento fundamental para que um site consiga resultados (seja visitas, leads ou vendas); e com o programador, para que ideias mais originais ou “fora da caixa” não sejam tolhidas pelas limitações do que habitualmente se faz em termos de código e de engenharia informática. Em suma, o site é um elemento essencial numa estratégia de marketing e a qualidade artística deve servir para criar valor.

Fique connosco e veja web design sob um novo ponto de vista.